Última hora

Última hora

Exército sírio tenta asfixiar os acessos a Alepo

Em leitura:

Exército sírio tenta asfixiar os acessos a Alepo

Tamanho do texto Aa Aa

Em Alepo, o dia a dia continua a ser vivido ao ritmo de ataques e contra-ataques, em bairros da periferia, do centro e da parte oeste da cidade, onde as forças rebeldes estão concentradas.

Fora da Síria, multiplicam-se os alertas para este suposto compasso de espera, que pode anteceder uma intervenção militar generalizada.

O exército sírio está a tentar condicionar todos os acessos à cidade, num cerco visto como o grande teste ao poder do regime de Bashar al-Assad nos centros urbanos.

Milhares de habitantes de Alepo têm rumado a norte, em direção à fronteira com a Turquia, antecipando o pior. Justamente, o primeiro-ministro turco, Recep Tayyip Erdogan, tem intensificado os apelos à coesão internacional, no sentido de pressionar o regime sírio a recuar.

Entretanto, a Rússia, vista como o grande aliado externo de Damasco, anunciou que não tem qualquer acordo de asilo com Bashar al-Assad, nem está a ponderar vir a ter.