Última hora

Última hora

O desenho do cerco político a Basescu

Em leitura:

O desenho do cerco político a Basescu

Tamanho do texto Aa Aa

Um contra todos, é um cenário que não parece assustar Traian Basescu, nesta versão romena do “orgulhosamente só”.

Suspender um presidente não é uma prática propriamente comum, mas esta é a segunda vez que a legitimidade de Basescu é posta à prova. A primeira foi em 2007. O homem que se assume como um “lutador” sobreviveu para enfrentar um processo semelhante este ano.

Em abril, uma moção de censura da oposição de centro-esquerda provocou a queda do governo de centro-direita. Apesar dos sorrisos na cerimónia de investidura, Victor Ponta assumiu o cargo de primeiro-ministro trazendo consigo o espetro da cisão na coabitação política.

A controvérsia não tardou a rebentar. Em junho, o parlamento romeno decide que será Ponta a representar o país numa cimeira europeia, enfrentando abertamente o chefe de Estado. O Tribunal Constitucional da Roménia contesta a decisão, mas acaba por ser ignorado e os seus poderes viriam a ser mesmo condicionados. Daí, até a Câmara dos Deputados aprovar uma moção de destituição do presidente, foi um passo.

Os apoiantes de Basescu afluíram massivamente às manifestações de apoio, nas quais este capitão da Marinha garante que vai terminar por levar a Roménia a bom porto.