Última hora

Última hora

Romney defende "todas as medidas possíveis" para evitar um arsenal nuclear no Irão

Em leitura:

Romney defende "todas as medidas possíveis" para evitar um arsenal nuclear no Irão

Tamanho do texto Aa Aa

A segunda etapa da campanha internacional de Mitt Romney levou-o a Jerusalém, onde visitou o Muro das Lamentações e se encontrou com o primeiro-ministro Benjamin Netanyahu.

O escrutínio presidencial americano decorre a 6 de novembro. Romney tem feito caminho na aproximação ao eleitorado judaico.

O tema mais quente foi a alegada corrida nuclear do Irão, sendo que o candidato republicano defendeu que têm de ser implementadas “todas as medidas” possíveis para impedir a criação de um arsenal atómico naquele país. Nas palavras de Romney, “é a nossa fervorosa convicção de que as medidas diplomáticas e económicas vão surtir efeito, mas não devemos excluir nenhuma opção. Reconhecemos o direito de defesa a Israel e o direito dos Estados Unidos a manifestarem o seu apoio.”

Um discurso bem menos moderado do que o do rival democrata. Barack Obama tem sustentado que é preciso deixar que as sanções económicas sobre Teerão produzam resultados.