Última hora

Última hora

Air France-KLM: Plano de reestruturação começa a dar frutos

Em leitura:

Air France-KLM: Plano de reestruturação começa a dar frutos

Tamanho do texto Aa Aa

Os investidores receberam com entusiasmo a notícia da performance, melhor do que o esperado, da companhia aérea Air France-KLM no segundo trimestre do ano.

As ações do grupo, resultante da fusão dos gigantes da aviação francesa e holandesa em 2004, subiram 18.6% na bolsa de Paris, com o maior ganho da jornada.

Os resultados do grupo no segundo trimestre mostram que o plano de reestruturação de dois mil milhões de euros começou a dar resultados. Os administradores dizem ser condição essencial para a sobrevivência.

No segundo trimestre, o prejuízo operacional do grupo caiu para 66 milhões de euros. No entanto, a perda líquida da empresa aumentou para 895 milhões de euros por causa das provisões do plano de reestruturação.

Durante este período, o fluxo de passageiros cresceu 2,4% e as taxas de ocupação também melhoraram. Uma tendência que contribuiu para aumentar os lucros do grupo em 4,5% para os 6,5 mil milhões de euros.

Mas a companhia ainda não pode dar a batalha por vencida. A administração quer alcançar lucros operacionais de 195 milhões de euros na segunda metade do ano e completar o plano de reestruturação até 2015.

No entanto, a incerteza económica e os problemas com os sindicatos continuam a ter impacto no sobe e desce das ações. Apesar do aumento desta segunda-feira, no último ano as ações perderam quase metade do valor.