Última hora

Última hora

Bielorrússia invadida por peluches

Em leitura:

Bielorrússia invadida por peluches

Tamanho do texto Aa Aa

O escândalo provocado por um avião ligeiro sueco, que invadiu o espaço aéreo bielorrusso fez com que o presidente Alexander Lukashenko demitisse dois generais.

No dia 4 de julho o avião sueco sem ser detetado pelo radar de segurança aérea nacional sobrevoou a capital, Minsk, e lançou mais de 800 ursinhos de peluche com frases em defesa da liberdade de imprensa.

Igor Ratchkovski, chefe do Serviço de Guarda-Fronteiras, e Dmitri Pakhmelkin, comandante da Força Aérea, foram exonerados dos cargos.