Última hora

Em leitura:

Oposição síria segura Alepo

mundo

Oposição síria segura Alepo

Publicidade

Os opositores ao regime de Bashar Al-Assad atacaram, na última noite, o tribunal militar de Alepo.

De acordo com o Observatório sírio dos direitos humanos na mira dos rebeldes esteve, também, um posto da polícia e um gabinete do partido no poder.

Nas últimas horas pelo menos três bairros residenciais foram bombardeados.

O Exército Sírio Livre aponta o dedo às forças governamentais:

“Estes são os roquetes usados por Bashar al-Assad para atacar a população síria. A artilharia utilizada em Attarib, no norte da cidade.”

Do bairro de Salaheddine, no sudoeste de Alepo, chegam imagens de destruição e de militares anti-regime que parecem assumir o controlo desta zona da cidade. Aquele que é considerado bastião dos rebeldes em Alepo terá sido atacado durante a manhã por helicópteros, mas não terá caído nas mãos das forças fiéis a Al-Assad.

Milhares de habitantes continuam a tentar fugir dos principais palcos de confronto que esta segunda-feira terão provocado uma centena de mortos.

Há pontos de vista diferentes para cada estória: a Euronews conta com jornalistas do mundo inteiro para oferecer uma perspetiva local num contexto global. Conheça a atualidade tal como as outras línguas do nosso canal a apresentam.

Artigo seguinte