Última hora

Última hora

Coliseu de Roma inicia importante restauro em Dezembro

Em leitura:

Coliseu de Roma inicia importante restauro em Dezembro

Tamanho do texto Aa Aa

O Coliseu de Roma vai iniciar em Dezembro uma “cura de rejuvenescimento” avaliada em 25 milhões de euros.

O mau estado do monumento icónico da capital italiana ocupa com frequência as páginas da imprensa do país.

No fim de semana, o Corriere della Sera destacou um estudo recente segundo o qual a fachada sul do Coliseu está “descaída” de 40 centímetros, quando comparada com a parte norte, fazendo alusão a um “efeito de Torre de Pisa”.

As autoridades garantem, no entanto, que a estabilidade do monumento não está em perigo. A diretora do Coliseu, Rosella Rea, explica que “está bastante estável, caso contrário não teria sido equacionada uma intervenção como a que terá lugar e ter-se-ia escolhido outra via”.

A restauração do Coliseu será financiada pelo fabricante italiano de sapatos de luxo Tod’s. O ministro da Cultura saudou a “implicação do setor privado”.

O presidente da Câmara de Roma frisou que “não é um exagero dizer que um restauro desta magnitude e importância não ocorria há 73 anos. A última intervenção deste tipo teve lugar em 1938 e 39”.

O Coliseu de Roma é um dos monumentos mais visitados do mundo inteiro. Na última década, o maior anfiteatro construído pelo Império Romano passou de um milhão de visitantes por ano para seis milhões, em parte graças ao sucesso do filme “Gladiador” de Ridley Scott.