Última hora

Última hora

Putin apela à continuidade das operações da NATO no Afeganistão

Em leitura:

Putin apela à continuidade das operações da NATO no Afeganistão

Putin apela à continuidade das operações da NATO no Afeganistão
Tamanho do texto Aa Aa

A instalação de uma base logística da NATO na cidade russa de Ulyanovsk está longe de agradar aos habitantes locais.

Centenas de pessoas saíram à rua, exigindo a demolição da estrutura. Receiam que no futuro próximo se converta numa base militar da Aliança Atlântica.

O presidente russo, Valdimir Putin, promete que este entreposto, a cerca de 900 quilómetros de Moscovo, não será usado para as operações de combate no Afeganistão.

O mesmo Putin que condena a retirada das tropas até 2014: “Se não há ordem no Afeganistão, as coisas não estarão calmas nas regiões a sul da Rússia. A atual liderança afegã terá dificuldades em manter a situação sob controlo. Os Estados-membros da NATO estão no terreno e desempenham esta função. É preciso ajudá-los, porque não lutaremos por nós próprios. Deixemo-los lutar”, disse Putin durante um encontro com paraquedistas na cidade de Ulyanovsk.

A base deverá permitir o envio de remessas não letais de e para o Afeganistão, através da rede de comboios da Rússia e também por ar.

No entanto, esbarra nas críticas dos comunistas e de outros partidos, que dizem que a Rússia está a permitir a presença de um inimigo no território.