Última hora

Última hora

Síria: Jornalista espanhol fala de Alepo

Em leitura:

Síria: Jornalista espanhol fala de Alepo

Tamanho do texto Aa Aa

Connosco ao telefone a partir dos arredores de Alepo, perto do aeroporto de Menagh, está o jornalista Álvaro de Cózar do jornal “El País”.

Confirma que os rebeldes estão a utilizar tanques capturados ao exército de Bashar al-Assad para atacar o aeroporto?

Álvaro de Cózar – Os rebeldes estão a começar a utilizar os tanques que apreenderam às tropas de Bashar al-Assad. Não se sabe é se o fazem da melhor forma porque nem sempre têm gente habilitada para o fazer. Um condutor de um tanque com quem falei disse que tinha aprendido no serviço militar, mas que isso foi há cinco anos e nunca mais utilizou um tanque.

Acerca do controlo de Alepo. É verdade que os rebeldes controlam 50 por cento da cidade?

AC – Eles falam de entre 50 a 60 por cento. mas o problema é que não controlam as zonas mais importantes, os edifícios oficiais. Controlam os subúrbios. Têm muita dificuldade para chegar à cidade antiga por que está situada numa colina.

Como é o dia a dia dos civis em Alepo?

AC – Os habitantes de Alepo que não deixaram a cidade fazem o que podem. Há alguma gente que começa a reabrir as lojas, sobretudo nas zonas controladas pelos rebeldes. Os edifícios estão destruídos e vê-se crianças vasculhar os escombros. São eles que sofrem mais porque o exército de Bashar al-Assad está a castigar duramente as zonas habitadas por civis.