Última hora

Última hora

Bielorrússia: Jornalistas protestam contra censura

Em leitura:

Bielorrússia: Jornalistas protestam contra censura

Tamanho do texto Aa Aa

Alguns jornalistas bielorrussos desafiaram o regime de Alexandr Lukashenko e protestaram, em Minsk, contra a censura.

Os contestatários exibiram ursinhos de peluche, ironizando com um facto que o regime tentou negar: o protesto de dois suecos, a 4 de julho, que lançaram, de um pequeno avião, ursos de peluche, com cartazes com palavras de ordem contra a repressão do regime de Lukashenko.

Um estudante de jornalismo, Anton Suryapin, foi detido por ter fotografado e publicado as imagens na internet.

O pai do jovem mostra-se surpreendido.

“Eu nem sabia que isto acontecia no nosso país, que incidentes como este ocorriam. Como esse em que bateram nos jornalistas. Só tomei conhecimento disto quando prenderam o meu filho. É um absurdo!”, exclama Andrei Suryapin
O regime de Alexandr Lukashenko, no poder desde 1994, não mostra qualquer benevolência. O jovem pode ser condenado até anos de prisão.

O protesto invulgar levou, já, ao despedimento de dois generais: o chefe do comité de controlo da fronteira, Igor Rachkovsky, e o chefe da força aérea e da defesa antiaérea, Dmitri Pajmelkin, por não garantirem a segurança nacional.

Lukashenko ordenou que se usassem armas contra qualquer invasão estrangeira.