Última hora

Última hora

Bielorrússia nega ter expulsado embaixador sueco

Em leitura:

Bielorrússia nega ter expulsado embaixador sueco

Tamanho do texto Aa Aa

A Bielorrússia confirmou esta sexta-feira que recusou renovar a acreditação do embaixador da Suécia, mas negou tê-lo expulsado do país, ao contrário do que foi noticiado pelo governo de Estocolmo.

“ Stefan Eriksson trabalhou em Minsk durante sete anos. Um período bastante longo. Durante esse tempo as suas atividades não visaram fortalecer as relações entre a Bielorrússia e a Suécia, mas sim a desgastá-las. Estamos preparados para fazer um esforço em manter uma relação construtiva. Se ao mesmo tempo a Suécia pretender agravar a situação, seremos obrigados a reagir em conformidade”, disse o porta-voz do ministério dos Negócios Estrangeiros da Bielorrússia.

O diferendo surge após dois suecos, a 4 de julho, terem lançado de um pequeno avião, ursos de peluche sobre Minsk com frases contra a repressão do regime de Lukashenko, que entretanto demitiu os generais responsáveis pelo controlo da fronteira e pela força aérea.

Contudo Suécia insiste que Stefan Eriksson foi expulso, pelo que o país nórdico recusa receber um novo embaixador da Bielorrússia em Estocolmo.