Última hora

Última hora

Condenação de al-Assad na ONU sucedida por ofensivas em Damasco e Alepo

Em leitura:

Condenação de al-Assad na ONU sucedida por ofensivas em Damasco e Alepo

Tamanho do texto Aa Aa

A capital síria continua a ser palco de violentos ataques e contra-ataques. Desta feita, o bairro de Tadamon, na parte sul de Damasco, um bastião rebelde, voltou a ser alvo de uma ofensiva das tropas fiéis ao regime que, há mais de uma semana, tentam conquistar terreno nesta área. As operações militares têm surtido efeito em vários pontos do centro de Damasco, de onde os insurgentes foram obrigados a recuar.

Na segunda cidade do país, Alepo, os confrontos concentram-se, sobretudo, no bairro de Saladhin. Um hospital local foi atingido por um ataque de artilharia, obrigando os voluntários a refugiar-se na cave do edifício. Há registo de vários feridos.

Tudo isto acontece um dia depois de a Assembleia-Geral das Nações Unidas aprovar uma resolução, de caráter simbólico, condenando a violência exercida pelo regime de Bashar al-Assad e criticando a inércia do Conselho de Segurança, bloqueado constantemente pela China e pela Rússia. Recorde-se que Kofi Annan abandonou a mediação internacional para a Síria, perante o falhanço do processo de paz.