Última hora

Última hora

Iémen: 33 mortos em explosões

Em leitura:

Iémen: 33 mortos em explosões

Tamanho do texto Aa Aa

Pelo menos 33 pessoas morreram e cerca de quatro dezenas ficaram feridas em três explosões, nos últimos dois dias, em Sanaa, Taiz e Jaar, no Iémen.

O atentado mais sangrento aconteceu no sábado, em Jaar, na província de Abyan. Um homem fez-se explodir durante uma cerimónia fúnebre, em memória de um familiar de um líder dos comités populares. Provocou, pelo menos 25 mortos e mais de vinte feridos, de acordo com as autoridades.

Na sexta-feira explodiram duas bombas em Sanaa, a capital, e Taiz, no sul, matando pelo menos oito pessoas e ferindo cerca de duas dezenas.

Os ataques foram atribuídos a grupos afetos à Al-Qaida. A rede terrorista quer retomar o controlo do leste e do sul do Iémen, depois de em junho, o exército do país anunciar ter reassumido o controlo das regiões.

A Al-Qaida aproveitou o enfraquecimento do regime depois da insurreição popular contra o antigo presidente Ali Abdallah Saleh em 2011, para reforçar a sua influência no Iémen.