Última hora

Última hora

Knight Capital evita falência

Em leitura:

Knight Capital evita falência

Tamanho do texto Aa Aa

A Knight Capital consegue evitar a falência. Um grupo de investidores vai injetar 400 milhões de dólares, cerca de 321 milhões de euros, naquela que já foi a maior empresa de corretagem na bolsa de Nova Iorque.

A injeção de dinheiro será feita através da compra de ações preferenciais convertíveis equivalentes a quase três terços do capital da empresa.

A Knight Capital lutava pela sobrevivência desde quarta-feira, depois de ter perdido 400 milhões de dólares. Um erro informático no novo software inundou a bolsa de Nova Iorque com ordens inexistentes. No final, a empresa que já chegou a executar dez por cento do comércio de ações nos Estados Unidos, viu os seus títulos afundarem mais de 60% e as perdas superarem a tesouraria acumulada no primeiro semestre.

Mas o resgate não significa o fim dos problemas.

Os atuais acionistas poderão processar a empresa pela desvalorização das suas participações. A autoridade de controlo da bolsa considera o “erro inaceitável” e há membros do Congresso que exigem uma comissão de inquérito.