Última hora

Última hora

MP russo pede três anos de prisão para as Pussy Riot

Em leitura:

MP russo pede três anos de prisão para as Pussy Riot

Tamanho do texto Aa Aa

Na Rússia, o Ministério Público pediu 3 anos de prisão para os elementos do grupo punk Pussy Riot, por terem cantado uma música contra Vladimir Putin na catedral ortodoxa de Cristo Salvador em Moscovo.

O procurador acusou as três mulheres de demonstrar ódio religioso ao usar linguagem agressiva dentro da igreja.

Maria, de 24 anos, Nadezhda, de 22 e Yekaterina de 29, enfrentavam uma acusação que pode ir até aos sete anos de prisão, mas perante o apoio da comunidade internacional, até o presidente Vladimir Putin pediu clemência para as 3 cantoras.

Entretanto vários artistas e diplomatas testado ao lado das «Pussy Riot». A última foi Madonna, que aproveitou uma passagem pela Rússia para dizer que é contra a censura.

Recorde-se que o grupo punk entrou na catedral ortodoxa de Cristo Salvador em Moscovo a 21 de Fevereiro e começou a cantar o que chamou de oração em que pedia à Virgem Maria para se livrar de Vladimir Putin.