Última hora

Última hora

Londres 2012: Jogos Olímpicos mais "verdes" de sempre

Em leitura:

Londres 2012: Jogos Olímpicos mais "verdes" de sempre

Tamanho do texto Aa Aa

Os Jogos Olímpicos de Londres foram classificados como os mais “verdes”, os mais ecológicos de sempre.

Este é o primeiro grande evento a medir a pegada de carbono: a avaliação começou no início da construção das infraestruturas e termina com o fim das Olimpíadas.

E a organização garante que nada foi deixado ao acaso: toda uma zona industrial foi remodelada e limpa, os materiais da construção são os menos poluentes possíveis e todas as áreas do complexo têm separação de lixos.

David Stubbs, Responsável de Sustentabilidade dos Jogos de Londres 2012, explica que a região onde foi construído o complexo “era uma zona abandonada e contaminada. Os rios estavam poluídos e os edíficios destruídos.”

E até a tocha olímpica foi mudada para consumir menos combustível. Mas a Comissão para a Sustentabilidade de Londres 2012 acredita que podia ter sido feito mais, por exemplo, em relação à chama.

“Prometeram, em 2007 que a redução de consumo seria maior. Durante dois anos, entre 2007 e 2009 não sabemos o que fizeram. Prometeram e não cumpriram”, sublinha Shaun McCarthy, responsável da Comissão.

De qualquer forma, a Tocha Olímpica consome apenas 15% da Tocha que esteve nos Jogos de Pequim em 2008.

A Comissão de Sustentabilidade garante ainda que a ecologia é também uma questão moral e por isso contesta a escolha da empresa que patrocina a decoração do Estádio Olímpico: a Dow Chemical, um grupo que foi responsável por um dos maiores desastres ambientais na Índia, em 1984.

Mesmo admitindo algumas falhas, os responsáveis pela sustentabilidade dos Jogos acreditam que já foram dados algums passos importantes, que vão servir de exemplo para os próximos Jogos Olímpicos de 2016, que vão decorrer no Rio de Janeiro