Última hora

Última hora

Rússia: Sentença das Pussy Riot será conhecida no dia 17

Em leitura:

Rússia: Sentença das Pussy Riot será conhecida no dia 17

Tamanho do texto Aa Aa

A leitura da sentença da banda russa Pussy Riot foi agendada para o dia 17 de agosto.

Uma das três acusadas considerou o processo “de tipo estalinista”.

A acusação pediu três anos de prisão para os elementos da banda que apelaram à demissão do presidente Vladimir Putin na catedral ortodoxa de Moscovo.

As jovens são acusadas de crimes de vandalismo motivado por ódio religioso.

“Qualquer veredicto de culpa será ilícito. As ações das acusadas não constituem crime”, disse um dos advogados da banda.

Entretanto, durante o seu concerto em Moscovo, Madonna apelou à libertação das Pussy Riot.

O apelo da cantora norte-americana junta-se ao de várias personalidades russas e estrangeiras que defenderam publicamente as Pussy Riot considerando que as acusações de que são alvo e a detenção há cinco meses são desproporcionadas em relação aos factos.