Última hora

Última hora

Irão: Início da conferência sobre a crise síria

Em leitura:

Irão: Início da conferência sobre a crise síria

Tamanho do texto Aa Aa

Com a presença do novo Primeiro-ministro sírio começou hoje em Teerão uma conferência
“consultiva” sobre a Síria, organizada por iniciativa do Irão, principal aliado regional do regime de Bashar al-Assad.

Segundo imagens divulgadas pela televisão, estavam presentes 30 representantes.
A conferência foi inaugurada pelo ministro dos Negócios Estrangeiros iraniano, Ali Akbar Salehi, que esperava representantes de mais de 10 países.
Teerão indicou ter convidado os países que têm “uma posição realista” sobre a crise que se vive na Síria.

“Todos os países, quer da região, quer do resto do mundo, que estão envolvidos na crise Síria têm de aceitar a realidade. Os políticos, a população e os elementos geopolíticos da Síria apontam para que esta crise só possa ser resolvida com um diálogo político interno”, frisou o ministro dos Negócios Estrangeiros iraniano.

Nas imagens divulgadas pela televisão, viam-se diplomatas da Rússia, Iraque, Afeganistão e do Paquistão, mas os países convidados pelo Irão não foram identificados.