Última hora

Última hora

Processo de Gu Kalai abala o Partido Comunista Chinês

Em leitura:

Processo de Gu Kalai abala o Partido Comunista Chinês

Tamanho do texto Aa Aa

Gu Kalai é a mulher do momento, uma advogada da elite comunista chinesa caída em desgraça em consequência dos negócios que manteve com britânicos e da oposição política do marido (Bo Xilai) no seio do Comité Central.

É acusada de morte, e aparentemente, não terá contestado a acusação, não terá mesmo tido direito a escolher um advogado, que lhe foi atribuído pelo regime que a condena.

Gu Kailai compareceu deformada, inchada e provavelmente envenenada. A imagem não corresponde às fotos da elegante advogada chinesa, tida como a Jacky Onassis da China, e agora acusada pelo envenenemaneto de um sócio britânico da sua firma.

Neil Heywood morreu em novembro de 2011, oficialmente de crise cardíaca.

A partir daqui, tudo o que se possa dizer baseia-se em suposições e acusações do governo chinês, que já tratou de formar a opinião pública.

No exterior, poucos parecem duvidar do veredito final e apostam apenas entre uma sentença de morte e uma pena de prisão perpétua:

“Ela devia ter tido o direito a escolher um advogado e a poder defender-se publicamente” – afirma, mesmo assim, um cidadão.

Um outro acha que “ela tem de aceitar a pena, porque é culpada de assassínio e tem de ser tartada como qualquer outro”.

Joseph Cheng, um professor da Universidade de Hong Kong não acredita que ela enfrente a pena capital, por conhecer o sistem:

“- A pena de morte deverá ser comutada em troca de uma atitude de arrependimento e de abstenção de recurso judicial”.

O caso é tido como político devido à ambição de Bo Xilai, o marido, de congregar apoios da oposição para fazer um golpe de Estado. O que é certo é que os inimigos que fez são poderosos e a condenação da mulher por assassínio também o vai remeter ao silêncio. No momento em que a polícia identificou Gu Kailai como arguida, Bo perdeu imediatamente a liderança do partido a nível regional.

O escândalo surge num momento sensível da tranferência de poderes para a geração mais nova, que se concretiza no próximo outiono.

Bo acabou por também ser detido por violação da disciplina partidária.

O Professor Yang Zhaohui, da Universidade de Pequim, considera que o julgamento vai afetar a opinião dos chineses sobre o Partido Comunista.

Professor Yang Zhaohui :”- Quando os cidadãos compreenderem a realidade sobre os verdadeiros detalhes deste caso, a imagem do partido comunista chinês fica afetada, assim como o peso que tem no coração das pessoas. O caso afeta a legitimidade do apoio chinês ao partido”.

O caso de Gu foi o mais mediático e surpreendente desde o Julgamento dos Quatro em 1981, por crimes praticados durante a Revolução Cultural, em 1966 e 67.