Última hora

Última hora

Rusga policial egípcia contra grupos armados

Em leitura:

Rusga policial egípcia contra grupos armados

Tamanho do texto Aa Aa

Durante o dia, a cidade do Cairo é perturbada pelo tráfego, a poluição e a falta de segurança que aumentou depois da Revolução. Mas, durante a noite, a situação agrava-se e a margem do Nilo deixa de ser abordável por cidadãos tranquilos. O lado obscuro intensifica-se nos bairros pobres de Chobra Al-Khaima.ou Imbaba.

Ahmed Ragab, agente de segurança – Vamos para o posto da polícia de Chobra Al-Khaima, onde iniciaremos uma operação penal com alvo nos locais dos crimes, dos traficantes de armas e de droga.

No posto de polícia de Chobra Al-Khaimah, é a secção de segurança que persegue contrabandistas e criminosos na região. O raide é lançado diariamente.

Général Bilal Labib, chefe deste posto polícial –
Depois das revoluções árabes constatamos a entrada de uma enorme quantidade de armas através de a fronteira com Líbia e os países vizinhos. Desde há pouco temos encontrado mísseis de médio alcance, e é a primeira vez que vemos armas assim na região.

Os últimos acontecimentos no Sinai, que causaram vários mortos no seio do Exército egípcio, confirmam que os grupos armados estabelecidos no país recebem armas de contrabando e utilizam essas mesmas armas contra o Exército egípcio.

euronews – São as três e meia da madrugada. É o momento de lançar a operação contra os traficantes de armas e de drogas.

Mais de 50 soldados e polícias, perfeitamente equipados, participam na operação.. A coluna dirige-se a um local específico de Chobra Al-Khaima. Segundo as informações, o alvo é a casa de um alegado traficante de armas.

euronews – A operação vai ter lugar neste domicílio, onde ao que parece, vivem traficantes de armas.

As operações deste tipo fazem-se cerca das três da manhã. O procedimento rotineiro é verificar se há armas ou droga.

Os traficantes normalmente têm um plano B para o caso de serem surpreendidos por um raide policical de madrugada, e é precisamente o que sucede neste caso: um dos traficantes conseguiu escapar às forças da ordem.

Général Achraf Zakharem – “- No nosso departamento, fazemos raides contra fações criminosas que violam a lei”

Na mesma noite, houve outra rusga em três outras casas de alegados traficantes de armas.

Ahmed Ragab – Às 6:00 h, a operação, longa e cansativa estava terminada. As forças da ordem detiveram traficantes em posse de armas de fogo de fabrico artesanal. Um dos detidos tinha um revolver e diferentes tipos de munições. Um terceiro homem armado foi detido.