Última hora

Última hora

Guerra civil síria agrava crise humanitária

Em leitura:

Guerra civil síria agrava crise humanitária

Tamanho do texto Aa Aa

A guerra civil na Síria entrou numa espiral de violência que está a provocar um número cada vez maior de refugiados.

A Turquia começou por ser o primeiro destino, mas agora a fuga faz-se também em direção a outros países vizinhos e, até, na direção da Europa.

As imagens referem-se à fronteira com a Jordânia, país para onde aumentou o êxodo, sobretudo, depois dos ataques à cidade de Allepo. Um homem dá conta do seu desespero:

“Somos animais ou humanos? Será vida, aquilo que temos aqui? Ontem, uma criança morreu, no meio da poeira. É isto, a nossa vida. Porque está tanta gente calada?”.

As Nações Unidas estimam que os ataques a Allepo provocaram, só nos últimos dias, mais de 6000 refugiados. Mas há 200 mil pessoas em dificuldades, residentes naquela cidade e arredores.

Ao todo, nos últimos 17 meses, serão 150 mil pessoas que abandonaram as suas casas para fugirem aos horrores da guerra, estabelecendo-se nos quatro países vizinhos.

A situação humanitária está a agravar-se, na Turquia, no Líbano, no Iraque e na Jordânia.