Última hora

Última hora

Reino Unido vai enviar equipamento não letal para oposição síria

Em leitura:

Reino Unido vai enviar equipamento não letal para oposição síria

Tamanho do texto Aa Aa

A oposição síria prepara-se para lançar um novo ataque sobre a cidade de Aleppo. É a resposta à ofensiva na véspera dos homens fiéis a Bashar al-Assad.

A falta de armamento está, de acordo com os analistas, a impedir a progressão no terreno por parte da oposição. A estratégia passa, por isso, por encorajar as deserções dos homens do regime e por intensificar as táticas de guerrilha.

Os Estados Unidos vão avançar com novas sanções contra o governo sírio e entidades iranianas que acusa de apoiar o regime.

Do Reino Unido vão chegar cerca de seis milhões de euros em equipamento não letal.
O chefe da diplomacia britânico admite apoiar a oposição com o envio de equipamento que possa bloquear as comunicações do regime e permita que a mensagem dos ativistas seja divulgada fora da Síria. William Hague fala em telemóveis, telefones por satélite e equipamento de rádio que podem ser usados para alertar civis sobre os ataques do regime.

Uma ajuda justificada com o impasse diplomático no Conselho de Segurança das Nações Unidas.

Esta sexta-feira, o diplomata argelino Lakhdar Brahimi, apontado como o possível sucessor de Kofi Annan no processo de mediação internacional na Síria, apelou à união do Conselho de Segurança da ONU.

A violência que se estende um pouco por todo o país já provocou milhares de refugiados e mais 20 mil mortos de acordo com o Observatório Sírio dos Direitos Humanos.