Última hora

Última hora

Ataques às tropas no Afeganistão vêm de colaboradores

Em leitura:

Ataques às tropas no Afeganistão vêm de colaboradores

Tamanho do texto Aa Aa

As tropas da NATO foram alvo de um novo ataque mortífero, o segundo em menos de 24 horas. Três soldados, cuja nacionalidade não é ainda conhecida, foram mortos por um civil afegão que trabalhava para os militares.
 
Isto aconteceu na província de Helmand, uma região que tem sido palco de vários ataques contra as forças ocidentais, em particular as norte-americanas. Muitos desses ataques vêm de colaboradores, da polícia ou do exército do Afeganistão.
  
“Quero dizer que estes dois incidentes não refletem a situação global aqui no Afeganistão. Temos cerca de 500.000 polícias e soldados a trabalhar lado a lado, para assegurar um futuro melhor para este país”, disse Günter Katz, porta-voz das forças da NATO no Afeganistão.
  
Só este ano, foram mortos 30 militares em 26 ataques vindos dos próprios membros das forças de segurança afegã. Ontem, uma emboscada feita por um chefe da polícia matou três militares norte-americanos.