Última hora

Última hora

Londres despede-se dos Jogos Olímpicos

Em leitura:

Londres despede-se dos Jogos Olímpicos

Tamanho do texto Aa Aa

Os Jogos Olímpicos de Londres terminam este domingo.

O canoísta português Fernando Pimenta
vai ser porta-estandarte de Portugal na cerimónia de encerramento.

O evento promete entrar para história pela grandeza e pelos custos envolvidos, qualquer coisa como 12 mil milhões de euros.

O chefe de governo britânico garante que este foi um bom investimento:

“Queremos que o impacto dos Jogos se estenda para além do verão. Vai haver um legado físico, com o reaproveitamento do parque Olímpico e económico graças à assinatura de acordos já de olhos postos nos Jogos do Rio de Janeiro em 2016. Temos ainda a herança do voluntariado e queremos dar uma oportunidade às pessoas que queiram desempenhar um papel maior na sociedade” afirma Cameron.

A poucas horas da passagem de testemunho para os Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro são muitos os tecem elogios à organização britânica.

“A organização foi brilhante. A única crítica que faço é à venda de bilhetes. Todos queriam, mas nem todos conseguiram bilhetes. Eu tive muita sorte e vim praticamente todos os dias” afirma um britânico.

Outro refere: “Acompanhei os jogos de Sidney através da televisão e foram excelentes. Os de Pequim foram impressionantes, mas creio que os de Londres foram os melhores.”

A popularidade do evento fez disparar a venda de bilhetes para os Jogos Paraolímpicos de Londres, que arrancam a 29 de agosto e se estendem até 9 de setembro.