Última hora

Última hora

Egito:decisão do presidente divide as opiniões

Em leitura:

Egito:decisão do presidente divide as opiniões

Tamanho do texto Aa Aa

Os egípcios foram este domingo surpreendidos com a decisão do presidente de revogar o acordo sobre os poderes do exército e de afastar as cúpulas militares que geriram o país na transição do regime. A medida gerou, nas ruas do Cairo, a capital do país, reações contraditórias:

Se para alguns a iniciativa do presidente é positiva, para outros ela é ilegítima:

“Penso que ele está certo nesta decisão e que é um passo importante, porque desta forma o presidente ficará com a autoridade e o poder não será dividido entre as duas partes, a presidência e o Conselho Militar”.

“É uma decisão ilegítima. O Conselho Militar e o presidente Mursi tinham chegado a acordo para que o Conselho Militar continuasse a existir, guardando as suas prerrogativas”.

Milhares de pessoas reuniram-se na praça Tahrir para celebrar a decisão, mas muitos egípcios temem que ela contribua para uma ainda maior instabilidade no país e mesmo para a possibilidade de um golpe de estado.