Skip to main content

|

Chegou ao fim a 30º edição dos Jogos Olímpicos de Verão com Portugal a registar a pior prestação desde Barcelona em 1992 ao nível de medalhas. Nos últimos 16 anos, os atletas portugueses tinham conquistado pelo menos duas medalhas em cada edição. Em Londres, só a canoagem impediu que Portugal passasse oficialmente em branco.

A dupla, composta por Fernando Pimenta e Emanuel Silva, alcançou o segundo lugar na final de K2 1000 metros, confirmando o bom momento de forma da canoagem portuguesa que marcou presença em mais três finais. Também no remo Pedro Fraga e Nuno Mendes alcançaram a final A, que concluíram na quinta posição. O ténis de mesa foi uma agradável surpresa com Marcos Freitas, Tiago Apolónia e João Pedro Monteiro a chegarem muito perto das meias-finais por equipas. Marcos Freitas perdeu para o campeão olímpico de Atenas e Portugal caiu nos quartos-de-final perante a Coreia do Sul. Na maratona feminina, Jessica Augusto terminou na 7ª posição, realizando uma ótima prova em ascensão.

O mesmo não se pode dizer dos judocas que foram todos eliminados na primeira ronda, nem da natação que não levou nenhum atleta sequer a uma semifinal, nem do atletismo, onde se esperavam melhores resultados, sobretudo de Marco Fortes no lançamento do dardo, Inês Henriques na marcha e Sara Moreira nos 10 mil metros.

Os terceiros Jogos Olímpicos da capital britânica ficaram marcados pela superioridade norte-americana que recuperou o estatuto de potência olímpica que havia perdido em Pequim. Os EUA despedem-se de Londres com 104 medalhas no total, contra 87 da China. Também no número de medalhas de ouro os norte-americanos provaram que o que aconteceu há quatro anos foi um ato isolado, vencendo 46 ouros contra 38 dos chineses A equipa da casa, a Grã-Bretanha, foi a terceira força com 29 medalhas de ouro. Portugal com uma medalha de prata foi apenas foi 69º, ficando atrás de países como Indonésia, Mongólia e Malásia.

Basquetebol

Na luta de medalhas, o basquetebol contribuiu com dois ouros preciosos no torneio feminino e masculino. Para Lebron James, Kobe Bryant e companhia, a luta anunciava-se difícil e foi quase até ao último minuto. A “dreamteam” dos Estados Unidos conquistou o ouro no basquetebol masculino, num combate taco a taco com a Espanha. O resultado final cifrou-se em 107-100. Também muito renhida foi a disputa pelo bronze: a Rússia bateu a Argentina por 81-77.

Andebol

A Franca bateu a Suécia por 22 a 21 e revalidou o título olímpico. Para os gauleses foi a 11ª medalha de ouro, superando as sete conquistados em Pequim. A França confirmou a superioridade no andebol ao tornar-se na primeira seleção depois da União Soviética a vencer dois títulos olímpicos seguidos. A Croácia derrotou a Hungria e conquistou a medalha de bronze.

Voleibol

A Rússia ascendeu ao primeiro lugar do pódio no voleibol masculino, deixando para trás a chamada geração de ouro brasileira, que falhou o título pela segunda vez. Após um braço de ferro de cinco sets, os russos conquistaram a primeira vitória na modalidade desde o fim da União Soviética. O bronze ficou para a “squadra” italiana.

Atletismo

O novo campeão da maratona olímpica chama-se Stephen Kiprotich. O atleta deu ao Uganda a única medalha em Londres. Duas horas, oito minutos e um segundo; foi com este tempo que Kiprotich suplantou os quenianos Abel Kirui, bicampeão do mundo, e Wilson Kipsang. O desempenho dos portugueses, nesta prova, ficou-se pelo 48º lugar de Luís Feiteira, a 11,39 minutos do vencedor, uma vez que Rui Pedro Silva não completou a corrida.

O ciclista David Rosa encerrou a participação portuguesa nos Jogos Olímpicos de Londres com um 23º lugar no BTT. Para o professor de Educação Física de 25 anos estes são os primeiros Jogos Olímpicos da carreira. Rosa cumpriu o objetivo de concluir entre os 30 primeiros. A prova foi ganha pelo checo Jaroslav Kulhavy. O suíço Nino Shurter ficou com a medalha de prata e o italiano Marco Fontana completou o pódio.

Copyright © 2014 euronews

Mais informação sobre
|

Login
Por favor, introduza os seus dados de login