Última hora

Em leitura:

Milhares de hectares a arder em Espanha


Espanha

Milhares de hectares a arder em Espanha

A Espanha depara-se com os piores incêndios da última década.

Em Alicante o fogo fez as primeiras vítimas. Um bombeiro morreu e três ficaram feridos. Ao princípio da noite, o fogo lavrava sem controlo num pinhal de Torre de Maçanes, um campo de férias com 130 crianças teve que ser evacuado.

Desde há uma semana que centenas de bombeiros, ajudados por militares e civis, lutam contra as chamas na Galiza, Catalunha, Alicante e Ilhas Canárias.

Os incêndios em Tenerife e Gomera, nas Canárias, já provocaram cerca de cinco mil desalojados.
As altas temperaturas e os ventos fortes estão a dificultar o combate às chamas. O Parque Natural de Garajonay, património mundial da Unesco, que abriga espécies vegetais raras, está em risco.

A Espanha está a sofrer a pior seca dos últimos setenta anos e desde janeiro já viu arder 132.300 hectares de vegetação.

A seca combinada com uma vaga de calor vinda de África fez eclodir, na última semana, numerosos focos de incêndio. Ao norte a descida das temperaturas está a ajudar a conter o avanço das chamas, mas o sudeste do país está classificado como zona de alto risco.

Há pontos de vista diferentes para cada história: a Euronews conta com jornalistas do mundo inteiro para oferecer uma perspetiva local num contexto global. Conheça a atualidade tal como as outras línguas do nosso canal a apresentam.

Artigo seguinte

mundo

Egito: presidente revoga poderes dos militares