Última hora

Última hora

Novo balanço do sismo no Irão aponta para mais de 300 mortos

Em leitura:

Novo balanço do sismo no Irão aponta para mais de 300 mortos

Tamanho do texto Aa Aa

No Irão, os dois sismos registados no sábado no noroeste do país causaram 306 mortos, a maioria mulheres e crianças, e 3.037 feridos.

A atualização do número de vítimas foi anunciada pela ministra da Saúde, Marzieh Vahid Dastjerdi, no parlamento.

Dois sismos de magnitude 6,3 e 6,4 abalaram no sábado, com apenas alguns minutos de intervalo, a região montanhosa do noroeste do Irão, onde vivem cerca de 300 mil pessoas junto às fronteiras com o Azerbaijão e a Arménia.

A maioria dos habitantes da cidade de Tabriz passaram a segunda noite consecutiva em tendas de campanha com receio de novos abalos telúricos.

“Às duas da manhã sentimos outra réplica e cerca de 90 por cento da população fugiu para as ruas. É a segunda noite que passamos nos parques”, disse um habitante da cidade.

Segundo fontes oficiais pelo menos 20 aldeias foram totalmente destruídas pelos sismos e 130 outras sofreram danos consideráveis.

Um funcionário governamental anunciou que também foram disponibilizadas mais de cinco mil tendas para as zonas mais afetadas.