Última hora

Última hora

Oposição síria reclama zona de exclusão aérea

Em leitura:

Oposição síria reclama zona de exclusão aérea

Tamanho do texto Aa Aa

A oposição síria quer uma zona de exclusão aérea junto à fronteira com a Jordânia e a Turquia. O pedido surge um dia depois da secretária de Estado norte-americana, Hillar Clinton, ter admitido que os Estados Unidos e a Turquia iriam estudar medidas para ajudar a oposição ao regime de Bashar al-Assad, incluindo uma zona de exclusão aérea.

Este domingo, mais 150 pessoas morreram no conflito, de acordo com o observatório sírio dos direitos humanos.

A oposição garante ter levado a cabo um contra-ataque em Alepo contra uma estação de televisão e de rádio do regime. Mas vários bairros da cidade continuam a ser bombardeados pelas forças do regime, segundo os ativistas.

No terreno diplomático, a reunião da Liga Árabe sobre a Síria, foi adiada, sem ter sido avançada nova data. Hoje, há uma reunião preparatória da cimeira islâmica prevista para esta terça-feira. A iniciativa é da Arábia Saudita e pretende mobilizar o mundo muçulmano a favor da revolta na Síria.

Entretanto, continuam a surgir denúncias de execuções sumárias, também da parte dos rebeldes. É o caso de um vídeo amador, alegadamente filmado em Alepo, onde supostos elementos do regime são atirados de edifícios.