Última hora

Última hora

Rebeldes sírios reinvindicam ataque em Damasco que atingiu hotel da missão da ONU

Em leitura:

Rebeldes sírios reinvindicam ataque em Damasco que atingiu hotel da missão da ONU

Tamanho do texto Aa Aa

Uma explosão junto ao hotel que aloja os observadores das Nações Unidas, em Damasco, provocou, pelo menos, três feridos e inúmeros danos materiais. Os rebeldes do Exército Livre da Síria já vieram reinvindicar o atentado que, anunciam, não visava o hotel, mas sim um edifício do Estado-maior, onde estava a decorrer uma reunião para coordenar as operações militares do regime.

O representante diplomático Faisal Mekad declarou que o ataque não atingiu nenhum membro da missão da ONU que, afirma, tem estado em segurança desde que chegou à Síria.

As autoridades ainda não apuraram se o engenho explosivo estava instalado num camião-cisterna ou se o veículo carregado de combustível foi apanhado pela deflagração. Há cerca de um mês, outro atentado em Damasco matou quatro altos responsáveis do regime, entre os quais o cunhado de Bashar al-Assad.