Última hora

Última hora

Iraque vive jornada sangrenta com ataques em várias cidades

Em leitura:

Iraque vive jornada sangrenta com ataques em várias cidades

Tamanho do texto Aa Aa

Depois de um mês de julho sangrento, o Iraque volta a viver uma vaga de atentados. Ao todo, estimam-se cerca de vinte mortos e mais de cem feridos, nos diversos ataques que ocorreram esta quinta-feira.

Em Kirkuk, o rebentamento de quatro viaturas armadilhadas lançou o caos. Uma testemunha relata que alertou as autoridades para um veículo que parecia abandonado. Aparentemente, o alerta foi ignorado e, pouco depois, o carro explodia, matando duas pessoas e ferindo outra.

Em Fallujah, vários polícias foram alvejados numa barreira de segurança. Bagdad foi outra das cidades abaladas por esta série de investidas.

Só no mês passado registaram-se mais de 300 vítimas mortais, em atentados diversos, o que constitui o balanço mais grave desde agosto de 2010. O regresso da violência desta dimensão ao território é associado aos movimentos sunitas que estarão a tentar desestabilizar o atual governo, liderado pelo primeiro-ministro xiita Nouri al-Maliki. Uma organização chamada Estado Islâmico do Iraque tem reinvindicado grande parte dos ataques.