Última hora

Última hora

Sete bancos têm de explicar alegada participação no escândalo Libor

Em leitura:

Sete bancos têm de explicar alegada participação no escândalo Libor

Tamanho do texto Aa Aa

Sete bancos europeus e norte-americanos foram intimados pelos procuradores gerais de Nova Iorque e Connecticut, no âmbito da investigação ao escândalo Libor.

HSBC, Royal Bank of Scotland, Barclays, Citigroup, Deutsche Bank, JP Morgan e UBS terão de esclarecer a alegada participação na manipulação da taxa interbancária. A justiça americana considera que pelo menos um banco cooperou com o Barclays para manipular a taxa.

O Barclays foi até agora o único a reconhecer os factos. Aceitou pagar uma multa de 360 milhões de euros e viu cair os três principais dirigentes.

A manipulação da taxa Libor está a ser investigada na Europa, Ásia e Estados Unidos.

Na sequência do escândalo, uma comissão britânica considera que a taxa Libor deixou de ser “viável”.