Última hora

Última hora

Tensão entre Tóquio e Pequim

Em leitura:

Tensão entre Tóquio e Pequim

Tamanho do texto Aa Aa

Algumas dezenas de chineses manifestaram-se em frente da embaixada do Japão em Hong Kong reclamando a soberania de Pequim sobre o arquipélago de Senkaku, em japonês, e Diaoyu, em chinês.
 
Catorze ativistas chineses de Hong Kong foram detidos pelos japoneses quando desembarcaram numa ilha do arquipélago reclamando a soberania chinesa.
 
“Estou muito zangada e a situação é inaceitável. Exigimos três coisas. Primeiro, que o governo japonês liberte imediatamente os cidadãos de Hong Kong. Segundo, que saiam do nosso território. Terceiro, um pedido de desculpa ao povo chinês”, afirmou uma manifestante.
 
O Japão anunciou que pretende deportar esta semana os ativistas chineses detidos pela guarda costeira por terem desembarcado nas ilhas Senkaku/ Diaoyu para reclamar a soberania chinesa.
 
Os ativistas partiram de Hong Kong no domingo numa embarcação de pesca e desembarcaram quarta-feira em Uotsuri, a maior ilha do arquipélago situado no sul do Mar da China.
 
O desembarque causou protestos do Governo japonês junto de Pequim, que exigiu a Tóquio a libertação imediata e incondicional dos seus cidadãos.
 
O arquipélago está desabitado e é reclamado pelo Japão, China e Taiwan, acreditando-se ser rico em recursos marinhos, gás natural e petróleo.