Última hora

Última hora

WikiLeaks: Equador anuncia hoje a decisão do pedido de asilo de Julian Assange

Em leitura:

WikiLeaks: Equador anuncia hoje a decisão do pedido de asilo de Julian Assange

Tamanho do texto Aa Aa

O Governo de Londres afirmou quarta-feira ter a “obrigação legal” de extraditar para a Suécia Julian Assange, como decidiu o Supremo Tribunal de Justiça britânico.

O fundador do WikiLeaks está refugiado na embaixada do Equador em Londres e a determinação do ministério britânico dos Negócios Estrangeiros em a cumprir a extradição de Assange, levou a ser considerada a hipótese de invadir a representação diplomática equatoriana para deter Julian Assange.

O ministro equatoriano dos Negócios Estrangeiros, Ricardo Patiño anunciou que Equador vai anunciar hoje a decisão sobre o pedido de asilo político feito pelo fundador do WikiLeaks, e sublinhou que “a posição britânica é inaceitável, política e legalmente.

Em Quito, manifestantes protestaram em frente à embaixada do Reino Unido contra a ameaça das autoridades britânicas de entrarem na embaixada equatoriana em Londres para deter o fundador do WikiLeaks.