Fechar
Login
Por favor, introduza os seus dados de login

Skip to main content

Angela Merkel apoia a estratégia anticrise de Mario Draghi, presidente do Banco Central Europeu (BCE), dias antes de encontrar dirigentes espanhóis, franceses e gregos para abordar a questão da crise do euro.

De visita ao Canadá, a chanceler alemã enviou a mensagem de que é tempo de avançar para uma maior integração fiscal a nível europeu e disse: “O que o presidente do BCE, Mario Draghi, disse é algo que já repetimos vezes sem conta desde que as dificuldades gregas começaram há mais de dois anos. Estamos determinados a fazer o que pudermos para preservar a moeda única”.

Merkel repete as palavras de Mario Draghi, apesar de, na última reunião do BCE, o representante alemão se ter oposto à compra de dívida espanhola e italiana. A decisão poderá ser tomada no início de setembro, mas este será apenas um dos eventos cruciais para o futuro da moeda única.

O mercado espera também, no próximo mês, a decisão do Tribunal Constitucional alemão sobre a flexibilização do Mecanismo Europeu de Estabilidade e a cimeira dos dirigentes, na qual a Comissão Europeia deverá propor um supervisão do BCE sobre todos os grandes bancos da zona euro.

Copyright © 2014 euronews

Mais informação sobre