Última hora

Última hora

Pussy Riot condenadas a 2 anos de prisão

Em leitura:

Pussy Riot condenadas a 2 anos de prisão

Tamanho do texto Aa Aa

As três jovens do grupo ‘punk’ russo Pussy Riot foram condenadas a 2 anos de prisão.

Nadezhda Tolokonnikova, 22 anos, Maria Alyokhina, 24 anos, e Yekaterina Samutsevich, 30 anos, foram consideradas culpadas pelos crimes de vandalismo motivado por ódio religioso.

Durante a leitura da sentença, que durou mais de duas horas, o tribunal de Moscovo disse mesmo que as três mulheres são culpadas de hooliganismo.

A pena deve ser cumprida num campo de trabalho comunitário, mas as três jovens ficarão detidas. Recorde-se que o procurador russo tinha pedido 3 anos de prisão.

As protagonistas do grupo entraram, em fevereiro, num templo ortodoxo e cantaram uma música anti-Putin.

À porta do tribunal da capital russa centenas de pessoas concentraram-se para apoiar as jovens e várias pessoas acabaram por ser detidas pelas autoridades.

Entre os detidos está o coordenador do partido da oposição Frente de Esquerda.
Os manifestantes pedem a libertação das Pussy Riot.