Última hora

Última hora

Julien Assange: países da Unasor apoiam Equador

Em leitura:

Julien Assange: países da Unasor apoiam Equador

Tamanho do texto Aa Aa

As nações da Unasor apoiam a decisão do Equador de conceder asilo diplomático a Julian Assange.

Os ministros dos Negócios Estrangeiros da União das Nações Sul Americanas reuniram-se no Equador para discutir o caso do fundador do Wikileaks e condenaram a ameaça feita pelo Reino Unido, na semana passada, de forçar a entrada na Embaixada do Equador, em Londres.

Ali Rodriguez, Secretário Geral da União das Nações Sul Americanas: “Expressamos o nosso apoio ao Governo do Equador perante a ameaça do Reino Unido de violação do local de missão diplomática. Reiteramos o direito soberano dos estados de garantir asilo.”

Da varanda da embaixada do Equador em Londres, Julien Assange fez o esperado discurso público, no passado domingo.

Julien Assange, fundador do Wikileaks: “Peço ao Presidente Obama que tome a atitude certa. Os Estados Unidos têm que desistir da “caça às bruxas” contra o WikiLeaks. Os Estados Unidos devem dissolver a investigação do FBI.”

O fundador do Wikileaks encontra-se refugiado na Embaixada do Equador, em Londres, há dois meses. Onde tenta evitar um processo de extradição para Suécia para responder a alegações por ofensas sexuais.