Última hora

Última hora

Síria: Confrontos não dá trégua em fim de Ramadão

Em leitura:

Síria: Confrontos não dá trégua em fim de Ramadão

Tamanho do texto Aa Aa

Os rebeldes sírios garantem que pelo menos 120 pessoas morreram esta segunda-feira na Síria.

Os combates voltaram a intensificar-se em Aleppo, onde as tropas do regime lançaram mais uma forte ofensiva.
Num dos bairros da cidade onde decorrem os confrontos, dois jornalistas, uma japonesa e um turco, acabaram por morrer e outros dois repórteres árabes estão desaparecidos.

Os bombardeamentos das forças sírias ocorreram um pouco por todo o país e nem a celebração do fim do Ramadão acalmou a violência.

Em Deraa, no berço da revolução, de acordo com uma organização de direitos humanos, 44 pessoas morreram neste início de semana.

O dia foi também de retirada dos elementos da missão de observação das Nações Unidas que estavam no país, depois de 4 meses de um trabalho quase sem resultados.

Entretanto, a ONU deixa mais um alerta para a situação dos refugiados, também dentro do país. Os últimos dados apontam para mais de um milhão de pessoas que tiveram que abandonar as próprias casas.