Última hora

Última hora

Síria disposta a discutir resignação de Assad

Em leitura:

Síria disposta a discutir resignação de Assad

Tamanho do texto Aa Aa

O vice-primeiro-ministro da Síria garante que o país está pronto a discutir a demissão do Presidente Bashar al-Assad, mas apenas se for durante um processo de negociações com a oposição.

As declarações de Qadri Jamil foram feitas em Moscovo, depois de um encontro com o chefe da diplomacia russa.

“Uma intervenção militar na Síria é ímpossível. Mas em cima da mesa das negociações estão todas as hipóteses. Podemos negociar tudo o que as partes envolvidas quiserem, até a resignação”, afirmou Qadri Jamil.

O vice-primeiro-ministro sírio respondeu desta forma às recentes ameaças do presidente dos Estados Unidos, que alertou para uma possível intervenção militar na Síria, caso venham a ser usadas armas químicas. Jamil classificou ainda estas ameaças de propaganda eleitoral.

Da parte russa, Serguei Lavrov descartou qualquer ação militar e garantiu que também a China se vai continuar a opôr-se a qualquer intervenção.

Entretanto em Paris, o presidente francês François Hollande encontrou-se com representantes do Conselho Nacional Sírio, que afirmaram que estão a estudar a formação de um governo de transição.