Última hora

Última hora

Etiópia: Corpo de Meles Zenawi chegou a Adis Abeba

Em leitura:

Etiópia: Corpo de Meles Zenawi chegou a Adis Abeba

Tamanho do texto Aa Aa

O corpo do primeiro-ministro etíope Meles Zenawi chegou terça-feira a Adis Abeba, proveniente da Bélgica, onde morreu na noite anterior num hospital em Bruxelas, aos 57 anos.

No poder há duas décadas, Meles, era considerado um peso pesado entre os dirigentes africanos.

Durante a sua governação a Etiópia tornou-se um dos principais aliados dos Estados Unidos na luta contra o fundamentalismo islâmico.

Dirigentes de todo o mundo reagiram à morte de Meles destacando o papel estratégico que desempenhou em África e o seu desejo de fazer sair da pobreza milhões de etíopes.

“Foi um grande líder e deixou muito trabalho por terminar. Em termos de democracia também tinha trabalhos em curso que não chegou a terminar.
Não se pode comparar as qualidades dele com as de determinadas pessoas. Estou verdadeiramente desolado”, disse um taxista.

Contudo diversas ONG’s não esquecem a repressão no país e várias organizações ligadas à defesa dos direitos humanos e da liberdade de expressão afirmaram que aguardam rápidos progressos na Etiópia.