Última hora

Última hora

Economia alemã desacelera

Em leitura:

Economia alemã desacelera

Tamanho do texto Aa Aa

Confirma-se a desaceleração da maior economia da zona Euro. Segundo o gabinete germânico de estatística, no segundo trimestre, a Alemanha cresceu 0,3%, contra 0,5 no trimestre precedente. O país não está imune à crise da dívida. A atividade industrial ressente-se com a queda das encomendas vindas da zona euro.

O analista Rob Dobson explica: “A Alemanha não será um país com maus períodos excecionais, mas é um parceiro comercial internacional, um país exportador. É isso que vemos com os números da indústria e as fracas encomendas. Se as condições económicas mundiais se deteriorarem, isso poderá atingir a Alemanha”.

Mas ao contrário da zona euro, que contraiu 0,2% entre abril e junho, a Alemanha continua a crescer. A economia é impulsionada pelo consumo interno, pelas despesas públicas e a subida de 2,5% das exportações, no segundo trimestre, apesar da queda da procura na Europa.