Última hora

Última hora

França decidi agir quando soa alarme com preços dos combustíveis

Em leitura:

França decidi agir quando soa alarme com preços dos combustíveis

Tamanho do texto Aa Aa

A França decide agir contra a subida dos preços dos combustíveis, que pesam fortemente sobre os bolsos dos contribuintes e isto em toda a Europa.

O governo francês anunciou uma ligeira redução do imposto sobre produtos petrolíferos. O primeiro-ministro Jean-Marc Ayrault fala de uma medida modesta e provisória, enquanto se discute um eventual mecanismo de controlo dos preços.

Segundo cálculos do “lobby” da indústria petrolífera, a redução da taxa em 1 cêntimo por litro vai custar aos cofres do Estado 125 milhões de euros por trimestre. A oposição não poupa críticas, recordando o peso sobre as contas públicas quando Paris tenta reduzir o défice.

Em Itália, soa também o alarme. Por exemplo, na cidade de Siena, os preços da gasolina superaram os dois euros.

Em Portugal, a gasolina 95 ronda um euro e oitenta.