Última hora

Última hora

Quantas perde altitude e cancela encomenda de aviões Boeing

Em leitura:

Quantas perde altitude e cancela encomenda de aviões Boeing

Tamanho do texto Aa Aa

A crise da zona euro e o aumento do preço do petróleo forçam a companhia áerea australiana Quantas a uma aterragem de emergência.

A empresa que registou perdas de 205 milhões de euros no exercício 2011/2012, cancelou a encomenda de 35 aviões Boeing 787. Uma decisão com que a Quantas pretende economizar 6,7 mil milhões de euros em despesas de investimento.

O presidente da companhia Alan Joyce justificou os cortes com a necessidade de se concentrar na reestruturação da empresa, “o nosso objetivo é de regressar aos benefícios para podermos continuar a ser a mais importante companhia aérea australiana”.

A subida do preço do petróleo e os conflitos sociais resultantes da reestruturação explicam em parte os maus resultados da empresa.

Para o analista Tony Weber, “a Quantas necessita de se livrar da sua política de compra de combustível para uso futuro pois é demasiado arriscada. Precisa de utilizar-se melhor do dólar australiano forte quando os preços dos combustíveis aumentam e precisa de reduzir o volume do consumo de combustível, melhorando a eficiência energética dos seus aparelhos”.

Apesar dos maus resultados, a filial de low cost da companhia Jetstar continua a ganhar altura com um benefício de mais de 502 milhões euros.