Última hora

Última hora

Síria: ONU vai discutir crise humanitária

Em leitura:

Síria: ONU vai discutir crise humanitária

Tamanho do texto Aa Aa

Na Síria, o sofrimento dos civis intensifica-se.
A escalada do conflito provoca cada vez mais necessidades nas populações afetadas pelos combates.

França diz que a questão humanitária será o tema principal da reunião extraordinária das Nações Unidas sobre a Síria. Neste encontro, os ministros dos negócios estrangeiros vão discutir o caso sírio, em Nova York, no final do mês.

Laurent Fabius, Ministro dos Negócios Estrangeiros francês: “A ideia é concentrarmo-nos nos problemas humanitários e chamar a atenção para estas questões essenciais, porque estamos a falar da vida de homens e mulheres. Para reforçar os meios necessários – tudo isso tem custos, por vezes bastante pesados, para os países envolvidos – e para sensibilizar a opinião pública e fazer avançar estas questões. “

Entretanto, acentua-se a guerra de palavras entre a Síria e a Turquia. Ancara afirma um ataque perto da fronteira, esta semana, foi da responsabilidade de rebeldes curdos, apoiados pela Síria.

Faisal Miqdad, Ministro dos Negócios estrangeiros interino sírio: “Estou sempre otimista porque a crise na Síria deve terminar. Os fatores que alimentaram esta crise são bem conhecidos. Grupos armados, grupos terroristas, o apoio por círculos regionais, incluindo o apoio perigoso, da Turquia, a grupos terroristas, ao fornecer-lhes armas sofisticadas e ao dar a todos os terrorista no mundo, incluindo à al-Qaeda livre acesso desde a Turquia para a Síria.”