Última hora

Última hora

Turquia: Síria pode estar na origem de atentado

Em leitura:

Turquia: Síria pode estar na origem de atentado

Tamanho do texto Aa Aa

O presidente turco, Abdullah Gul, e o primeiro-ministro, Recep Tayyip Erdogan, assistiram, esta quarta-feira, ao funeral das vítimas do atentado com uma viatura armadilhada registado na segunda-feira, na cidade de Gaziantep, no sudeste da Turquia.

O atentado ainda não foi reivindicado mas suspeita-se que esteja ligado aos rebeldes autonomistas curdos do Partido dos Trabalhadores do Curdistão, o PKK.

Para o intelectual curdo, Umit Firat, é a Síria que está na origem do atentado.

“O tempo foi bastante preciso. Enquanto persiste o caos na Síria, enquanto todo o mundo continua a pensar que a Síria nunca mais será a mesma, enquanto a Turquia continua com a sua política atual, a Síria pode ter dito “Eu também posso interferir no vosso país. Eles encontraram um ator local que é o PKK,” remata.

No último mês o escalar da violência no sudeste da Turquia tem sido uma constante. As autoridades do país acreditam que o PKK esteja a receber armas do regime de Bashar al-Assad.

O atentado de segunda-feira, na cidade de Gaziantep, perto da fronteira com a Síria, fez nove mortos, entre os quais crianças, e feriu mais de 60 pessoas.