Última hora

Última hora

Egito: Apoiantes e contestatários de Morsi envolvem-se em confrontos

Em leitura:

Egito: Apoiantes e contestatários de Morsi envolvem-se em confrontos

Tamanho do texto Aa Aa

Esta sexta-feira a praça Tahir, no Cairo, voltou a ser palco de conflitos.

Centenas de manifestantes contestatários do presidente egípcio, Mohamed Morsi, envolveram-se em confrontos com simpatizantes da Irmandade Muçulmana, que apoia o governante.

De acordo com os “media” locais, duas pessoas ficaram feridas e foram transportadas para o hospital.

Este contestatário afirma que não pretende “derrubar o presidente” e que quer apenas ter trabalho “depois de acabar a universidade.”

Os apoiantes de Mursi apelam à calma e afirmam que o presidente está há pouco tempo no poder, sendo necessário dar tempo ao tempo.

“Por que não têm paciência? Morsi só está no poder há dois meses e já afastou o Marechal de Campo, que era o chefe das forças armadas. Ele está a limpar o país, mas é preciso um passo de cada vez,” diz esta apoiante de Morsi.

As duas centenas de manifestantes protestaram contra o que consideram ser as intenções da irmandade Muçulmana de monopolizar o poder.

A confraria acusa-os de estarem em conluio com os defensores do antigo regime de Hosni Mubarak e de quererem desestabilizar o poder islâmico.