Última hora

Última hora

Segurança rodoviária

Em leitura:

Segurança rodoviária

Tamanho do texto Aa Aa

Elma, Bósnia Herzegovina: “Acredita que uma melhor formação e preparação dos novos condutores pode melhorar a segurança rodoviária? Porque é um facto que os condutores jovens são a principal causa de acidentes na estrada…”

Ellen Townsend, diretora do Conselho Europeu para a Segurança dos Transportes, responde:

“Tivemos trinta mil mortes nas estradas da Europa no ano passado e, 30% das quais, com idades entre os 15 e os 30 anos, os condutores jovens são, de facto, um grupo de alto risco.

Temos uma nova meta, para reduzir em 50% as mortes na estrada na União Europeia.

Através da formação dos condutores, mas também dos veículos, da segurança e de estradas seguras.

Em termos de formação dos condutores e de preparação, a meta não é só treinar as pessoas tecnicamente sobre como conduzir, mas também, muito importante, é aumentar a perceção do risco.

E ensiná-los a estarem seguros para aumentar o entendimento sobre o que torna um condutor, seguro. Tradicionalmente, a formação dos condutores têm-se centrado, num primeiro nível, nas manobras do veículo e, em num segundo nível, na aprendizagem dos sinais de trânsito.

Mas também gostaríamos de ver mais formação noutros dois níveis, relativos a um quadro denominado: metas para educação do condutor.

O terceiro nível é, portanto, olhar para o contexto da condução. Porque está a conduzir, é de noite, tem pessoas no carro? E em quarto lugar, o quarto nível é: quais são os seus objetivos de vida e como podem influenciar a sua condução?

Voltando à questão inicial, o treino dos condutores e a educação é fundamental para reduzir os acidentes na estrada, principalmente entre os jovens.”

Se quiser colocar alguma questão em U-talk faça-o através da seguinte ligação: