Última hora

Última hora

Virgem da Misericórdia: a obra prima de Cecília

Em leitura:

Virgem da Misericórdia: a obra prima de Cecília

Tamanho do texto Aa Aa

Depois de ter corrido o mundo pela internet, a pintura desfigurada por uma octagenária na igreja de Borja, próximo de Zaragoza, em Espanha, tornou-se uma atração turística.

As festas da terra foram este ano mais concorridas e muitos vieram com a exclusiva intenção de ver a obra. Há mesmo quem goste:

“Gosto de vê-la. Não me desagrada. A pintura anterior era também muito bonita, mas também gosto desta”, afirma uma mulher.

Outra exclama: “Que famosa que se tornou! Já deviam ter feito isto antes.”

A obra original era um fresco do século XIX, pintada por um pintor local que tinha deixado escrito: “Isto é o resultado de duas horas de devoção à Virgem da Misericórdia”.

Para Cecília, a octagenária, foi muito mais do que isso. A obra foi surgindo aos olhos de todos pouco a pouco e ninguém se insurgiu. A idosa diz que ainda não tinha terminado o trabalho, foi de férias e quando voltou viu todo este burburinho.

O Centro de Estudos do Património questiona-se como tal foi possível, mas a aldeia está contente com a promoção mundial.

E, quem sabe, se a moda pega, Cecília terá criado uma nova corrente artística.