Última hora

Última hora

Integristas destroem mausoléus na Líbia

Em leitura:

Integristas destroem mausoléus na Líbia

Tamanho do texto Aa Aa

Um grupo de integristas destruiu vários mausoléus nas cidades líbias de Zlitan e Tripoli.

Estes já foram considerados os piores ataques sectários desde a queda de Muammar Kadhafi.

Na mira dos rebeldes: os túmulos de santos muçulmanos sufistas.

As ações já foram condenadas presidente do congresso líbio:

“Este tipo de ações é inaceitável e condenada pela nossa religião, costumes e lei. Pelo que os autores vão ser responsabilizados e presentes à justiça” afirma Mohamed Magarief.

As autoridades reforçaram a segurança para evitar novos ataques.

A população mostra-se chocada pela forma como tudo aconteceu.

“Um bando de criminosos entrou na mesquita, destruiu túmulos e disparou contra pessoas que tentaram impedir o pior. Alguns fundamentalistas foram mortos, outros acabaram por ser capturados” refere uma testemunha.

Em Zlitan, no oeste da Líbia, os rebeldes integristas incendiaram, também, a biblioteca.

Muitos criticam o facto de os ministros do Interior e da Defesa, ainda, não se terem deslocado à cidade