Última hora

Última hora

Venezuela: Refinaria de Amuay continua a arder

Em leitura:

Venezuela: Refinaria de Amuay continua a arder

Tamanho do texto Aa Aa

Dois tanques do complexo petrolífero de Amuay, na Venezuela, continuam a arder, depois da explosão ocorrida no sábado, na qual perderam a vida 39 pessoas e dezenas ficaram feridas.

18 das vítimas são elementos da guarda nacional que garantiam a segurança do complexo e se encontravam numa caserna próxima do local da explosão, 15 são civis que viviam nas imediações e há ainda seis corpos por identificar.

Uma residente na zona queixa-se: “Nós estamos em grande risco. Somos os mais afetados nesta comunidade, não só por causa dos gases, mas por tudo o que a refinaria expele”.

A explosão teve origem numa fuga de gás, após uma série de acidentes no complexo, que têm valido muitas críticas ao presdiente Hugo Chavez.

Amuay integra-se no segundo maior complexo petrolífero do mundo, que exporta mais de 900 mil barris de petróleo por dia.

As autoridades venezuelanas garantem ter reservas para exportação o consumo nacional durante dez dias.